Sábado, 22 de Março de 2008

Canção do Louco Apaixonado :)

Iludas-me sempre que achar necessário
pois assim eu saberei como é te odiar.
Satisfaz-me...
para que eu possa sorrindo titubear

Ao contar pra outros de meu grande amor
e entre delírios e alucinações me afogar
Temer os extremos, frio e calor
e entre eles querer estar

Dá-me desta droga que chama por meu nome
para perder-me em sensações de extasiar
Entenda-me quando digo que ti eu tenho fome
e veja que ainda posso te reconquistar

Em meio dessas rimas pobres que eu queria te cantar
o que sinto, o que vejo, o que estar em meu pensar
Tocar-te, ter-te, ser dona de teu amar
Mas só tenho essas palavras levadas pelo ar.

Obrigada pra quem teve paciência de ler essa baboseira :)

P.S.: Tava bem inspiradinha tá?! :*
escrito por Ana Maria às 01:09
link da baboseira | comentar | favorito
1 comentário:
De Paulo Di Linharez a 22 de Março de 2008 às 04:38
Não tem coisa que eu gosto mais do que derrubar a estrutura formal nos textos. Adorei o execeso de rimas pobres.

Bom texto

Comentar post

.Procurar nas Baboseiras

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Últimas Baboseiras

. Ao infinito e além... (Y)

. han?

. "mas também foi só..."

. musiqui(u)nhas

. Saudaadeee...

. Ando, meio, desligada.

. Limeriques

.Caixa de Baboseiras

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.Os meus +

. Não banalize meu amor, po...

. Canção do Louco Apaixonad...

. Sobrancelha raspada e fra...

. ...

. ...

. dia de cão..., ops! ..pro...

. conversas estranhas da ma...

. amar para amar.

. coisas (in)significantes.

. - don't

.Baboseiras alheias

blogs SAPO

.subscrever feeds